Relato de viagens. Compartilhando experiências, dicas criativas, fotos e orientações práticas para você programar a sua viagem. E Vamos Nessa!

Compartilhe

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Vale Sagrado Inca

Vale Sagrado Inca - Ollantaytambo
Ollantaytambo - Terraço Agrícola Inca

A visita às ruinas  do Vale Sagrado Inca dura o dia inteiro. Pagamos S./25 soles a agência de turismo QORIANKA TOURS Agência de Viagens y Turismo, Calle Suecia n° 300-B para o transporte e guia, e adquirimos também o Boleto Turístico del Cusco.

Boleto Turístico del Cusco


O boleto dá direito a visitação de 16 atrações entre sítios arqueológicos e museus. O boleto integral custa S./130 soles, e S./70 soles para estudantes. É vendido também por circuito custando cada circuito S./70 soles. É imprescindível ter o Boleto Turístico em mãos para visitar as ruínas do Vale Sagrado. Ele pode ser adquirido no Comite de Servicios Integrados Turistico Culturales-Cusco COSITUC ou através das inúmeras agências de turismo.

Boleto Turístico Del Cusco, necessário para visitar o Vale Sagrado Inca
Boleto Turístico Del Cusco, necessário para visitar o Vale Sagrado Inca

Visitamos Pisac, Chinchero, Moray e Ollantaytambo. Antes de chegar a Pisac há uma parada num mercado de artesanato, onde vendem-se os mais bonitos artesanatos da região.
O almoço foi em Urubamba, em um self service, nada de extraordinário.

Aproveitamos o passeio no vale sagrado e quando chegamos na cidade de Ollantaytambo quase todo o grupo deixou a excursão seguir adiante e ficamos na cidade para pegar o trem para Aguas Calientes, de onde se acessa Machu Picchu. O percurso de Ollantaytambo a Aguas Calientes é feito em cerca de duas horas de trem.

Compramos os ticket de viagem pelo site da PeruRail. O bilhete de ida foi no trem Expedition ao custo de US$35.00 e o de volta foi no trem Autowagon no valor de US$64,00. Ambos os trens são confortáveis e oferecem lanche à bordo. O Autowagon oferece entretenimento com show a bordo e um desfile com roupas de alpaca, disponíveis para compra. Porém o trem que oferece um serviço mais diferenciado é o Vistadome.

Ollantaytambo: uma cidade inca


Ollantaytambo é um dos sítios arqueológico inca mais conservado e impressiona pelo tamanho dos seus terraços agrícolas.
Ollantaytambo é um dos sítios arqueológico inca mais conservado
Ollantaytambo - cercado por montanhas

Uma das montanhas que cercam a cidade mostra formações rochosas que lembram a metade de um rosto, aparentando com um rei de barba e coroa.

No vilarejo há pequenas lojas de artesanato e mercados com água e comida. A praça central é bastante movimentada pelos turistas que aguardam o trem para Aguas Calientes como também dos habitantes locais que procuram vender artesantos, frutas, etc.

Em Ollantaytambo vimos casas da época colonial construídas sobre muros incaicos. Em algumas vielas há canais construídos com pedras por onde correm as aguas vindas das montanhas e esta água tem várias utilidades, inclusive para lavar roupas.

Casa colonial em Ollantaytambo construída sobre muro de pedra
Casa colonial em Ollantaytambo construída sobre muro de pedra

Compramos alguns itens alimentícios como chocolate, barra de cereais e água para levarmos para Machu Picchu. Fizemos um bom lanche e dirigimos à estação ferroviária onde às 19:03 pegamos o trem para Aguas Calientes.

Aguas Calientes, parada obrigatória para visitar o Santuário de Machu Picchu


Aguas Calientes é uma cidade, situada às margens do rio Urubamba, que serve de apoio aos visitantes de Machu Picchu. Possui hotéis, pousadas, inúmeros restaurantes e uma estação ferroviária. Ao lado da estação ferroviária há um mercado de souvenir.

O acesso a cidade inca de Machu Picchu é feito pela trilha inca, cerca uma hora e meia de caminhada, ou por ônibus, cerca de trinta minutos.

Aguas Calientes
Aguas Calientes
Rio Urubamba em Aguas Calientes
Rio Urubamba, em Agua Calientes


Os ônibus partem de 15 a 15 minutos. O primeiro ônibus sai de Aguas Calientes às 5:30 com destino a Machu Picchu, e o último retorna às 17:30
Pernoitamos em Aguas Calientes e no dia seguinte às 6h da matina pegamos o ônibus para a cidade sagrada de Machu Picchu.

Leia também: