Relato de viagens. Compartilhando experiências, dicas criativas, fotos e orientações práticas para você programar a sua viagem. E Vamos Nessa!

Compartilhe

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

De Brasília a Buenos Aires de carro

Este é o primeiro post publicado sobre nossa viagem de Brasília a Buenos Aires de carro. Queremos dividir com vocês todas as etapas desta aventura prazerosa: planejamento, hospedagem, passeios, restaurantes, fotos. Os relatos serão publicados pouco a pouco. A empreitada foi tão boa que deixou-nos  com  vontade de planejar outras viagens de carro.

Roteiro de ida. Brasília,  Marília, Curitiba, Gramado, Chui , Montevidéu, Punta del Este e Colônia del Sacramento

Fazer uma longa viagem de carro pelo sul vinha ocupando meus pensamentos desde o início do ano, pois gosto desse tipo de viagem e, ao menos por enquanto, ainda tenho disposição. No final de março deste ano fiz a proposta à minha mulher, que concordou prontamente. Evidente que, sem ela, o projeto não iria adiante. Já não tendo como aliada a juventude, sentimos que era necessário buscar a adesão de um casal, que tivesse disponibilidade de tempo, gosto pela viagem de carro e, claro, afinidade conosco. Foi a parte mais fácil. Ao saber do nosso projeto, minha cunhada Adelaide e o marido Daniel aderiram de imediato. A partir daí, passamos ao planejamento da viagem, a começar pela data da partida, estabelecida para 25 de maio, e pelo roteiro a ser seguido.

Decidimos inicialmente que iríamos até Buenos Aires, passando antes por Curitiba, Gramado, Punta del Este, Montevidéu e Colônia Del Sacramento, onde deixaríamos o carro e atravessaríamos o Rio da Prata para Buenos Aires. Nessa altura entrou a preciosa colaboração do meu amigo Lacerda, gaúcho da fronteira, possuidor de um motorhome e grande conhecedor daquelas paragens. Achou tempo para escrever e me presenteou com um minucioso roteiro, recheado de oportunas observações.  Convenceu-nos  a atravessar para Buenos Aires com o carro, regressando pelo interior da Argentina, ao invés de voltar pelo mesmo caminho de ida. A partir daí, com a facilidade da internet, passamos a decidir cada etapa da viagem: as melhores estradas, as paradas e sua duração, conforme o grau de interesse das localidades, reserva dos hotéis, etc.

Planejar e discutir uma viagem é quase tão bom quanto realizá-la. Decidimos também que o carro a ser utilizado seria a caminhonete do Daniel, uma Hilux cabine dupla movida a diesel, que, além de maior espaço, proporcionaria significativa redução das despesas com combustível. Fizemos todas as reservas dos hotéis pelo Booking sem pagamento antecipado e com possibilidade de cancelamento sem ônus, desde que feito com antecedência de até 24 horas, o que nos permitiria o remanejamento das datas, se necessário.

Tudo acertado, saímos no dia marcado, 25 de maio e chegamos de volta a Brasília no dia 19 de junho, depois de rodarmos 7.175 km. A propósito, aqui cabe uma observação: as estradas, na sua quase totalidade, tanto no Brasil quanto no Uruguai e Argentina estão bem conservadas, algumas em ótimo estado. Este foi um fator que contribuiu para que nosso roteiro fosse cumprido de forma  agradável e sem contratempos.
Roteiro de volta Buenos Aires, Rosário, Santa-Fé, Posadas, Foz do Iguaçu , São José do Rio Preto e Brasília

No próximo post detalhes da viagem de Brasília a Curitiba. Viagens Vamos Nessa!
Leia também