Relato de viagens. Compartilhando experiências, dicas criativas, fotos e orientações práticas para você programar a sua viagem. E Vamos Nessa!

Compartilhe

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Viagem de carro por Portugal e Espanha: roteiro de 20 dias, 2ª parte

Barcos Moliceiros no Canal Central de Aveiro
Barcos Moliceiros no Canal Central de Aveiro

Descrição de uma viagem de carro a Portugal que iniciou-se em Lisboa. Nesta última etapa partimos da cidade de Guimarães, atravessamos o Rio Minho e chegamos a Santiago de Compostela. Depois de três dias de pernoite em Santiago retornamos a Portugal visitando as cidades do Porto, Aveiro, Mealhada, Figueira da Foz, Coimbra, Santuário de Fátima, Óbidos, Sintra, Cascais e Lisboa.


Nos dez primeiros dias da viagem fomos até a região de Algarve, visitamos as cidades de Lagos, depois dirigimos para a região do Alentejo, visitamos a vinícola Herdade do Esporão, a cidade de Évora, em seguida seguimos para a Serra da Estrela e visitamos Manteigas, o coração da Serra da Estrela. Passamos por Seia, Viseu e chegamos ao Douro. Pernoitamos em Peso da Régua, conhecemos Amarante e nos hospedamos em Guimarães, cidade onde nasceu Portugal.

Quer saber mais sobre os incríveis lugares visitados? Leia:

 Viagem de carro por Portugal: roteiro de 20 dias, 1ª parte

 

Roteiro da viagem de carro por Portugal e Espanha

10º e 11º Dia - Santiago de Compostela


Praça das Pratarias -  Fonte dos Cavalos- Fachada sul da catedral de Santiago de Compostela
Praça das Pratarias e Fonte dos Cavalos- Fachada do lado sul da Catedral de Santiago de Compostela


Peregrinos na cidade de Santiago de Compostela
Peregrinos na cidade de Santiago de Compostela

Ao meio dia partimos para a Espanha, atravessamos o Rio Minho e chegamos na Galícia, em Santiago de Compostela, apenas 203 Km separam Guimarães, região do Minho a cidade de Santiago de Compostela.
Ficamos três dias em Santiago de Compostela, de sexta-feira a domingo. Alugamos um apartamento pelo Booking localizado na Praza de Inmaculada ou Plaza de la Azabacheria. Das janelas do apartamento podia-se observar a   fachada norte da Catedral de Santiago e o Convento de San Martin Pinaro, e a passagem em arco para a Praça do Obradoiro,  passagem que marca o final da Rota de Peregrinação Caminho de Santiago. Era uma atração observar o vai e vem dos peregrinos e turistas. 

12º ao 14º Dia - Porto 



Domingo, ainda em Santiago de Compostela assistimos à Missa do Peregrino celebrada no altar maior da Catedral às 12h. Nesta missa tivemos a oportunidade de desfrutar do espetáculo do popular botafumeiro. O botafumeiro é um enorme incensário (53 quilos e 1,5 metros de altura) de latão banhado em prata. Manobrado pelos "tiraboleiros" o incenso balança como um pêndulo entre as faces norte e sul da Catedral espalhando fumaça.

De volta à estrada pegamos a autoestrada AP9 e A3 e após rodamos por 2h30min chegamos na cidade do Porto. Em Santiago de Compostela a temperatura estava em torno de 13º C, bastou atravessar o Rio Minho para a temperatura elevar-se,  na cidade do Porto pegamos um calor de 23º C.

Rio Douro, Cais da Ribeira e as famosas casas coloridas
Rio Douro, Cais da Ribeira e as famosas fachadas das casas coloridas do Porto


Igreja e Torre dos Clérigos, Porto

Por três noites, nossa hospedagem foi no maravilhoso Designe Palácio Flats próximo a Catedral da Sé.  Com a boa localização do hotel tivemos a oportunidade de conhecer os principais pontos turísticos da cidade apenas caminhando, o carro ficou na garagem do hotel.

Porto é a segunda cidade de Portugal e Capital do Vinho do Porto.

15º Dia - Aveiro, Mealhada e Figueira da Foz

Barco Moliceiro em Aveiro para passeio turístico pelos canais urbanos da cidade
Barco Moliceiro em Aveiro para passeio turístico pelos canais urbanos da cidade

Partimos para a região da Beira Litoral. Rodamos 76 Km pela A1 e chegamos em Aveiro, cidade da Ria de Aveiro que decora com os seus belos canais a cidade. A grande atração turística de Aveiro é passear de barco moliceiro pelos  canais urbanos que levam o turista a conhecer tranquilamente a cidade num passeio que dura 50min e custa 8 € por pessoa. 
Depois de passearmos por umas três horas em Aveiro e provarmos dos famosos doce de Ovos Moles partimos para a cidade de Mealhada onde tem no seu leitão assado uma das maiores atrações da culinária portuguesa. 
Para acompanhar o Leitão Assado à Bairrada um dos melhores espumantes de Portugal produzidos na região da Bairrada.

Restaurante Pedro dos Leitões, Mealhada
Restaurante Pedro dos Leitões onde servem o melhor leitão assado de Portugal - Leitão à Bairrada
Leitão assado à Bairrada no Pedro dos Leitões, Mealhada
Leitão assado pronto para ser picado e servido acompanhado de batatas fritas portuguesas,  salada de alface com repolho roxo, cebolas fatiadas tomate e laranja

Figueira da Foz - Pernoite de um dia

Calçadão da orla de Figueira da Foz
Calçadão da orla de Figueira da Foz

E seguimos viagem para uma das praias mais famosas de Portugal, onde o rio Mondego deságua no Oceano Atlântico - Figueira da Foz, nossa cidade de pernoite.  Aproveitamos a tarde para visitar a praia que possui um imenso areal, a orla rodeada de hotéis e restaurantes e uma passada rápida no cassino.  Nesta noite escolhemos para jantar na Sagres Cervejaria, Marisqueira e Grill o delicioso peixe fresco grelhado, camarões fritos e uma garrafa do refrescante vinho verde.

16º Dia - Coimbra, Fátima e Óbidos

Largo D. Dinis, uma praça em cujo centro está a estátua de D. Dinis na Universidade de Coimbra.
Largo D. Dinis, uma praça em cujo centro está a estátua de D. Dinis na Universidade de Coimbra.

Saindo de Figueira da Foz nosso destino era Óbidos onde tínhamos hotel reservado para pernoite, mas desviamos da rota uns 50 km para visitarmos Coimbra - primeira capital do reino de Portugal, coberta de história, beleza e sabedoria que tem na Universidade de Coimbra classificada pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade.

Infelizmente foi impossível estacionar nas imediações da Universidade, os estacionamentos estavam lotados, nos limitamos a parar no Largo D. Dinis, uma praça em cujo centro está a estátua D. Dinis rodeada por prédios da universidade e tirar algumas fotos.

Santuário de Fátima

Santuário de Nossa Senhora do Rosário de Fátima
Santuário de Nossa Senhora do Rosário de Fátima


Saindo de Coimbra rodamos por mais uma hora pela autoestrada A1 e chegamos ao Santuário de Fátima. Conseguimos facilmente estacionar em um dos parques de estacionamento do Santuário e fizemos nossa visita e orações. Neste dia o santuário estava relativamente vazio, visitamos a Basílica de Nossa Senhora do Rosário, depositamos vela no tocheiro localizado junto à Capelinha das Aparições e compramos alguns artigos religiosos na lojinha do santuário e seguimos viagem para Óbidos a cidade escolhida para pernoite.


Óbidos - Pernoite de um dia

Castelo de Óbidos, Portugal
Castelo de Óbidos, Portugal


Ruas da cidade de Óbidos, Portugal
Ruas da cidade de Óbidos, Portugal

A vila-museu de óbidos é uma das jóias do turismo de Portugal. Portugal tem várias cidades históricas, com castelos, igrejas e outros monumentos, mas esta deve ser obrigatória em seu roteiro. É uma cidade cercada por mulharas, possui um imponente castelo e um casario pintadas de branco com detalhes em azul e ocre onde o turista perde-se entre suas lojas de artesanato, bares e restaurantes, doceiras, etc.
Pela manhã, em Óbidos, depois do café da manhã fomos percorrer uma parte das suas mulharas construídas no século XII e apreciar a bela vista da cidade vista por cima e pegamos a estrada com destino a Sintra.

17º Dia - Sintra - Pernoite de um dia

Centro da cidade de Sintra, Portugal
Centro da cidade de Sintra, Portugal

Palácio da Pena, Sintra, Portugal
Palácio da Pena, Sintra, Portugal

De Óbidos a Sintra são somente 95,2 Km e uma hora de viagem pela autoestrada A8. Sintra foi a cidade base para hospedarmos por uma noite e conhecer a região. Dedicamos o dia para conhecer o centro histórico da cidade,  o Palácio Nacional, o Palácio da Pena, a Quinta da Regaleira e outros pontos turísticos.

Cascais

Orla marítima de Cascais, Portugal
Cascais, Portugal

Dia seguinte, logo após o café da manhã partimos para Cascais, considerada uma das mais bonitas e elegantes estâncias de férias de Portugal.
Passamos pela Boca do Inferno, um conjunto de arcos rochosos, grutas, crateras que o mar abriu na rocha calcária. Deixamos o carro num estacionamento público e fomos passear pela Marina de Cascais, Praia da Conceição, Praia dos Pescadores e o Largo Luís de Camões. 
Depois de um breve almoço partimos para o nosso destino final - Lisboa.

Estátua de Luis de Camões no Centro Histórico de Cascais, Portugal
Estátua de Luis de Camões no Centro Histórico de Cascais, Portugal. Flores para comemorar o dia 10 de junho data de aniversário de nascimento do ilustre poeta português.

18º a 22º Dia - Lisboa

Noivas de Santo Antônio. Evento tradicional realizado em Lisboa, no dia 12 de junho dedicado ao santo casamenteiro

Parte das Festas de Lisboa, com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, dezenas de noivos realizam o seu casamento no dia de Santo Antônio.

O primeiro ponto de parada em Lisboa foi a locadora para devolvermos o carro que por 17 dias nos levou a rodar todo o país.
Em Lisboa ficamos hospedados no Hotel Florida próximo a Praça Marquês de Pombal. Fizemos as visitas turísticas caminhando, de bonde elétrico, Uber, táxi e utilizamos o Ascensor da Glória que faz a ligação entre a Praça dos Restauradores e o Bairro Alto (Miradouro de São Pedro de Alcântara) através da Calçada da Glória.

Chegamos em Lisboa sexta-feira do dia 9 de junho e permanecemos até o dia 14 de junho e tivemos a oportunidade de participar do momento máximo das Festas de Lisboa.

O manjericão, as flores de papel e as quadrinhas são uma tradição das festas juninas em Lisboa.

O mês de junho em Lisboa é dedicado As Festas de Lisboa, uma celebração às tradições, como é o caso das Marchas Populares ocorridas no dia 12 de junho, dos Casamentos de Santo Antônio,  dos Arraiais Populares ou dos Tronos de Santo Antônio. Nesta época a sardinha assada e o manjericão são a nota dominante que compõe o ambiente da cidade.
Os largos e ruas de Lisboa transformam-se em salões de baile, decorados com fitas coloridas, balões, luzes e tudo o mais que lhes possa emprestar um colorido para receber os Santos Populares.

E com muitas festas terminamos nossa viagem de carro por Portugal!

Veja detalhes da primeira parte da viagem em:

Viagem de carro por Portugal: roteiro de 20 dias, 1ª parte

Quer comentar? Sugerir? Perguntar? Use a Caixa de Comentários e deixe à sua opinião.