Relato de viagens. Compartilhando experiências, dicas criativas, fotos e orientações práticas para você programar a sua viagem. E Vamos Nessa!

Compartilhe

segunda-feira, 15 de maio de 2017

De Buenos Aires a Brasília de carro e despesas da viagem

Sinalização saindo de Buenos Aires
Saída de Buenos Aires, pegamos a Ruta 9 até Santa Fé e depois a Ruta 12 até Foz do Iguaçu no Brasil.

De Buenos Aires a Foz do Iguaçu foram 1.700 km pelo interior da Argentina, passando por belas cidades como Rosário, Santa Fé, Paraná, Corrientes e Posadas. Todo o trecho  constituído de  retas intermináveis, estradas boas e bem sinalizadas  que acompanham o curso do rio Paraná.

Utilizamos sempre a ruta 12, apesar de haver caminho mais curto (Uruguaiana). Opção feita pela qualidade da estrada e de recursos ao longo delas.

Depois de 25 dias e 7.150 km rodados numa viagem de carro desde Brasília a Buenos Aires e retorno a Brasília, chegamos com a alegria de retornar ao lar e prazerosos com uma viagem bem sucedida.
Ressaltamos que não tivemos nenhum aborrecimento com o carro, nem com as estradas, nem com o trânsito e nem com a Polícia Caminera argentina, que era o que mais nos preocupava.

Leia o post sobre a Polícia Caminera Argentina

Saindo de Buenos Aires pegamos a autoestrada até Santa Fé passando por Rosário num total de 490 km rodados.
Rosário é  a terceira maior cidade da Argentina,  fica as margens do Rio Paraná, possui importantes parques e numerosos museus.

Em Santa Fé, hospedamo-nos no hotel  Hostal Santa Fé de la Vera Cruz, um hotel razoável e de custo/benefício não muito interessante.

Rosário - Monumento Nacional a Bandeira
Rosário - Monumento Nacional à Bandeira, uma impactante construção de 10.000 m2 erigida em homenagem ao General Manuel Belgrano, criador da bandeira argentina.

Este foi um dos hoteis que não foram feitas reservas, chegamos na cidade ao anoitecer, foi problemático encontrar estacionamento enquanto procurávamos hotel para hospedagem e   negociar preço na recepção. A lição que ficou foi que mesmo para um pernoite o hotel tem que ser de qualidade, não adianta economizar e dormir em um hotel que não oferece o mínimo de conforto como um bom chuveiro, roupas de cama de qualidade, ambiente agradável. Afinal se você parou para dormir o sono deve ser agradável e revigorante para seguir viagem.

Especialmente em Santa Fé, vale a pena uma circulada pelo centro histórico, bastante interessante, com construções antigas e imponentes. Há varias opções de bares e restaurantes.

De Santa Fé a Posadas foram 940 km e gastamos 12 horas. As estradas são sempre retas, pouco movimentadas (por isto a viagem rende muito)  com vários pontos para uma parada e/ou abastecimento.
Em Posadas, ficamos no hotel Canciller, este sim, simples, mas limpinho e barato, suficiente para um pernoite.


Santa Fé - Casa de Gobierno, situada na Praza 25 de Mayo
Santa Fé - Casa de Gobierno, situada na Praza 25 de Mayo, praça arborizada, com bancos para descanso e muitos prédios históricos e imponentes ao redor.

De Posadas a Foz do Iguaçu foram 320 km, estrada boa mas já com alguns trechos sinuosos, ressaltando que não é aconselhável passar pelo Paraguai, mantendo a Ruta Nacional 12. Pernoitamos em Foz do Iguaçu 3 noites no Hotel Slavieiro, excelente hospedagem, e aproveitamos para conhecer as belas cataratas tanto do lado brasileiro, como do lado argentino e também a Usina de Itaipu.

Posadas, Parrilla La Ruedita
 Posadas, Parrilla La Ruedita, com vista para a Avenida Costaneira que margeia o Rio Paraná.
De Foz do Iguaçu a Brasília rodamos 1.637 Km em dois dias, sendo o primeiro trecho de Foz do Iguaçu a Presidente Prudente com 612 Km percorridos e de Presidente Prudente ao nosso destino final - Brasília foram percorridos 1,025 Km.

Cataratas do Iguaçu
Cataratas do Iguaçu

Despesas da Viagem


1- Hotel

Nesta jornada hospedamos em 13 cidades; Marília, Curitiba, Bento Gonçalves, Gramado, Chuy, Punta Del Leste, Montevideu, Colônia del Sacramento, Buenos Aires, Santa Fé, Posadas, Foz do Iguaçu e Presidente Prudente.

Em algumas destas cidades foi apenas 1 pernoite, um descanso para repor as energias e seguir viagem, outras cidades pagamos de duas a três diárias.  Buenos Aires foi a cidade onde nos hospedamos mais dias; foram sete diárias.

O valor gasto em diárias foi de R$6.871,32 para dois casais nestes 25 dias de viagem.

2- Pedágio


Rodamos 7.175 km saindo de Brasília com destino a Buenos Aires passando por Punta del Leste, Montevideu e Colônia do Sacramento no Uruguai e retornando a Brasília pelo interior da Argentina a Foz do Iguaçu e de lá a Brasília. 

O trecho mais longo rodado em um dia foi no retorno de Presidente Prudente a Brasília quando rodamos 1.025Km, pela rodovia BR153.
O segundo trecho mais longo foi no nosso primeiro dia de viagem, rodamos 937,5 Km pela BR 153, de Brasília a Marília (SP).
Outra boa esticada nas estradas foi de Curitiba a Gramado onde percorremos 749 Km, neste trajeto optamos pela BR 101 e Rota do Sol.
No retorno de Santa Fé a Posadas pela Ruta 12 percorremos 943 Km. Nos outros deslocamentos fizemos uma média de 550 Km diários com exceção de Gramado a Bento Gonçalves que foram percorridos apenas 157 Km incluindo os passeios nas vinícolas.

Todas as estradas que pegamos eram pedagiadas, passamos por 41 praças de pedágios  e desembolsamos R$199,95 em tarifas.
O total gasto com combustível foi R$1.503,14, ressaltando que o carro utilizado era uma Toyota Hilux cabine dupla a Diesel. 

3- Outras despesas


Destacamos também o pagamento do Seguro Carta Verde obrigatório para veículos que ingressam em países do Mercosul no valor de R$146,00 emitido por uma seguradora em Brasília e as despesas de transporte no Buquebus para o veículo e mais quatro pessoas no total de 249 dólares ou R$547,80 Reais na cotação da época. (USD 2,2)

Conclusão


Temos paixão por viajar de carro e esta viagem só nos enche de orgulho e prazer em relatar e contar a nossa experiência. Escrevemos 8 post contando em detalhes a nossa aventura, porém por motivos variados o encerramento da viagem foi postergado.  
A justificativa para publicar somente agora o fechamento da viagem deu-se por      recebemos  solicitações de alguns dos nossos queridos leitores perguntando sobre a finalização da viagem e custos, portanto, hoje publicamos com aproximadamente 5 anos de defasagem o fim da viagem.
Os valores relacionados estavam armazenados em uma planilha, são todos de junho de 2012 época que ocorreu a viagem, não foram atualizados.

Outros posts sobre a viagem:



A nossa próxima road trip será pelas terras lusitanas, entre maio e junho de 2017. Planejamos percorrer de carro todo o país português dando uma esticada até Santiago de Compostela na Espanha. Estamos animados por esta aventura e será um prazer publicar a nossa experiência e gerar conteúdo que seja prático para você!

E você gosta de viajar de carro? Utilize a caixa de comentários e nos conte sobre a sua experiência, novas histórias são sempre bem vindas!

Ficou alguma dúvida? basta comentar, adoramos a interação criada por aqui.