Relato de viagens. Compartilhando experiências, dicas criativas, fotos e orientações práticas para você programar a sua viagem. E Vamos Nessa!

Compartilhe

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Olimpíadas Rio 2016: Parque Olímpico da Barra



Cidade sede das Olimpíadas 2016, de 5 a 21 de agosto, de 2016. O megaevento reunirá  206 nações de todas as partes do mundo trazendo mais de 10.900 atletas em 42 modalidades, 3,2 mil árbitros e juízes, 30 mil jornalistas e 50 mil voluntários. .

A Associação Brasileira de Agências de viagens (ABAV) estima que, durante os jogos, o Rio receberá cerca de 500 mil turistas internacionais, além de 900 mil nacionais.

Os Jogos Olímpicos Rio 2016 prometem ser um sucesso, e é melhor nos brasileiros aproveitarmos este momento único, primeira Olimpíada a ser realizada na América do Sul, e e na nossa terra, na belíssima cidade do Rio de Janeiro.

"Não existe nenhuma cidade do mundo que reúna tantos atrativos como o Rio. Tem as praias, O Pão de Açúcar, o Corcovado e a área do Pier Mauá que foi revitalizada. Ainda temos o povo carioca que é altamente receptivo e hospitaleiro." Cristina Fritsch, presidente da Abav-RJ

As competições serão disputadas em quatro regiões do Rio: Deodoro, Barra, Copacabana e Maracanã. Só o futebol  que será disputado nas cidades de Brasília, Belo Horizonte, Salvador, São Paulo, Manaus e Rio de Janeiro.
O Parque Olímpico da Barra, construído especialmente para a ocasião, localizado na Barra da Tijuca, abrigará diversas modalidades esportivas na Olimpíada Rio 2016.

Parque Olímpico da Barra da Tijuca 




A maior parte das competições se concentrará na região da Barra da Tijuca, na Zona Oeste da cidade. O Parque Olímpico da Barra da Tijuca formado pelas Arenas Cariocas 1, 2 e 3, Velódromo, Arena do Futuro, Estádio Aquático, Centro de Tênis, Centro Aquático Maria Lenk e Arena do Rio são conhecidos como o "coração das Olimpíadas" e abrigarão 15 instalações para 23 modalidades esportivas: Atletismo (marcha atlética), Badminton, Basquetebol, Boxe, Ciclismo de estrada, Ciclismo de Pista, Esgrima, Ginástica Artística, Ginástica Rítmica, Ginástica de Trampolim, Golfe, Handebol, Judô,Levantamento de Peso, Luta Olímpica, Luta greco-romana, Nado Sincronizado, Natação, Polo Aquático, Saltos Ornamentais, Taekwondo, Tênis e Tênis de mesa.


Destaques

O Campo Olímpico de Golfe está localizado em uma área de beleza incomparável que, após os jogos, se tornará o primeiro campo de Golfe público do país.
No golfe, a  paranaense Miriam Nagl, na 476ª colocação, ainda é a melhor brasileira do ranking mundial e a única classificado para representar o Brasil no Rio 2016.

Na natação, o Brasil será representado pela maior delegação da história da natação do País, formada até agora por 29 atletas. Cesar Cielo, campeão olímpico na modalidade, não se classificou para os jogos olímpicos de 2016.

No Parque Olímpico onde ocorrerá as competições de basquete, será a ocasião de ver de perto as estrelas do "dream team" a seleção masculina de basquete dos Estados Unidos que apenas em quatro das 18 vezes em que participou de uma Olimpíada não ficou com a medalha de ouro. Então garanta seu ingresso para o dia 21 de agosto às 15h45m, porque muito provavelmente você vai ver um jogaço da equipe de LeBron James & Cia.

No judô nossa maior promessa é Mayra Aguiar, que, aos 23 anos e 78 Kg, é a maior medalhista brasileira em mundiais de judô. Aliás, o judô feminino pode ser o maior celeiro de pódio do Brasil na Olimpíada do Rio.

O francês Teddy Rinner, no entanto, será a estrela máxima, já que ele é a principal figura do judô mundial hoje. É torcer para ele enfrentar nosso grande representante na mesma categoria, acima de 100 Kg, o brasileiro Rafael Silva, o Baby.

 Já na luta livre a promessa é Aline Silva, ouro na Copa Brasil de Luta Olímpica de 2014 e nas competições de esgrima, a esperança brasileira é a Gabriela Cecchini, de apenas 15 anos mas já com grandes conquistas.

Provas de rua na região do Recreio dos Bandeirantes: Ciclismo e Marcha Atlética


Estas provas ocorrerão ao ar livre, o expectador terá a oportunidade de ver os atletas bem de perto, separados apenas por uma grade. Será uma boa oportunidade para o público assistir algumas provas da Olimpíadas de graça e aplaudir e incentivar os competidores.

A prova de Ciclismo de Estrada Contrarelógio é uma prova em que os ciclistas largam em intervalos regulares e precisam completar o percurso no menor tempo possível.
O circuito terá uma distância de 29,8km com largada e chegada na Praça Tim Maia, que fica na Praia do Pontal. Os homens vão percorrer duas voltas, enquanto as mulheres percorrem uma volta.
A dica é torcer para a Flávia Oliveira e Clemilda Fernandes, primeira e segunda. melhor ciclista brasileira no ranking mundial.

A prova de Ciclismo de Estrada terá sua largada no Forte de Copacabana com passagem pela Praia do Pontal e Circuito Grumari. Todos os competidores partem juntos para uma corrida de longa distância. Os ciclistas devem completar um percurso no menor tempo possível, sendo classificados pelo tempo realizado.

Marcha Atlética - Nos Jogos Olímpicos Rio 2016 haverá três provas de marcha atlética - em 12 de agosto, os 20km para homens, e em 19 de agosto, os 20km para mulheres e os 50km para homens. A competição terá a largada e chegada na Praça Tim Maia, na Praia do Pontal, Recreio dos Bandeirantes. Para assistir a esses eventos, não será necessário comprar ingresso, basta acompanhar o percurso pelas ruas.


Como Chegar na Praia do Pontal


O Pontal está localizado em uma região à beira-mar, na zona oeste da cidade, no final da Praia do Recreio dos Bandeirantes. O BRT tem sua estação na Avenida das Américas: Estação Gilka Machado. Será 30 min de caminhada - 2.150m até a Avenida Lúcio Costa ou Praia do Pontal.

BRT TransOeste -  Estaçao Gilka Machado

Linha Especial Jardim Oceânico X Golfe Olímpico
Linha - Mato Alto X Alvorada
Linha -  Recreio X Alvorada
30 min de caminhada/2.150m

Como chegar ao Parque Olímpico da Barra




Três vias expressas - Transoeste, Transcarioca e Transolímpica  darão acesso ao Parque Olímpico da Barra formado pelas Arenas Cariocas 1, 2 e 3, Velódromo, Arena do Futuro, Estádio Aquático, Centro de Tênis, Centro Aquático Maria Lenk e Arena do Futuro.

Serviço Normal 24h

Estação Rio 2

TransCarioca - Galeão - Alvorada
Linha Madureira x Alvorada Parador
Linha Fundão x Alvorada Expresso

TransOeste - Santa Cruz - Alvorada
Linha Especial - Terminal Alvorada x Jardim Oceânico

Serviços Especiais 24h Somente portador do cartão de transporte dos jogos

Terminal Centro Olímpico - Morro do Outeiro

Lina Especial Jardim Oceânico - Centro Olímpico
Linha Especial Vicente Carvalho - Centro Olímpico-Riocentro

Estação Morro do Outeiro

Linha Especial Recreio - Vila Militar


Estação Golfe Olímpico

BRT Especial - Jardim Oceânico - Golfe Olímpico

Estação Riomar (Golfe)

BRT Recreio - Alvorada Parador
BRT Mato Alto - Alvorada Parador

Estação Riocentro

Linha Especial Recreio - Vila Militar
Linha Especial Vicente Carvalho - Centro Olímpico

O BRT TransOlimpico, corredor exclusivo para ônibus rápidos,  liga o Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste, à Deodoro, na zona norte, inaugurado em julho de 2016 ficará  reservado para a mobilidade da família dos Jogos Olímpicos e dos torcedores com ingressos dos jogos.
A TransOlímpica nas estações Vila Militar e Magalhães Bastosfará integração com os trens da Supervia.
A estação Centro Olímpico/Morro do Outeiro, RioCentro e Olof Palm servirá a Vila dos Atletas e o Parque Olímpico da Barra.
No Recreio dos Bandeirantes o TransOlímpico também será interligado ao BRT TransOeste na estação Salvador Allende.


Entre meia-noite e 2h. haverá um serviço noturno do BRT entre Parque Olímpico e Centro com oito paradas na Zona Sul e quatro no Centro: São Conrado, Leblon, Praça Nossa Senhora da Paz, Posto 6, Posto 4, Posto 2, Botafogo, Largo do Machado, Catete, Cinelândia, Praça XV, Candelária e Central. Durante o percurso não será permitido o embarque de passageiros, apenas desembarque.
Fonte consultada: O Globo de 27/04/2016


Sistema de transporte integrado: BRT, Trem, Metrô, VLT, e Barcas


Mapa que mostra o sistema de transporte do Rio de Janeiro, publicado em O Globo

RioCard Jogos Rio 2016 - Bilhete único para uso no transporte público


Os torcedores que planejam assistir os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 devem adquirir o cartão RioCard Jogos Rio 2016 - bilhete único que dará acesso ao transporte público pela cidade entre os dias 1. de agosto a 19 de setembro de 2016.
Os cartões têm três opções de validade: 1 dia custa R$25,00, três dias consecutivos R$70,00 e sete dias consecutivos R$160,00. O torcedor poderá usar à vontade para quantas viagens quiser realizar no dia. Por medida de controle e segurança deve-se observar um intervalo de 30min entre uma utilização e outra.
A via TransOlímpica do BRT, a Linha Especial Jardim Oceânico e a linha 4 do metrô são os únicos trechos de uso exclusivo para quem tem o RioCard Jogos Rio 2016. Em qualquer outro trecho ou modal o acesso com dinheiro e RioCard comum continua a ser valido.
Fonte: RioCard Rio 2016

A Barra da Tijuca



A área é uma das mais bonitas da cidade, cercada por lagoas e a Praia da Barra, a mais extensa da cidade com 18 Km de areias muito finas e brancas e mar azul esverdeado. Só isso já bastaria, mas a região é uma das que mais cresce na cidade. Quem quiser fazer um intervalo entre as competições vai encontrar uma infinidade de restaurantes de todas as cozinhas do mundo, da tipicamente brasileira à francesa, italiana, todos os tipos de cozinha oriental, francesa e o que mais a imaginação mandar.


E você, vem para o Rio de Janeiro? Fique por dentro das opções de transporte nos aeroportos do Galeão e Santos Dumont e Rodoviária Novo Rio


Vai assistir os jogos em outra região? Conhece um amigo que vai? Divulgue este texto com outras pessoas, assim, todos ficam por dentro do maior espetáculo esportivo do mundo!





Fontes de consulta:

  • https://www.rio2016.com/
  • http://www.brasil2016.gov.br/pt-br