Relato de viagens. Compartilhando experiências, dicas criativas, fotos e orientações práticas para você programar a sua viagem. E Vamos Nessa!

Compartilhe

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Inhotim : um lugar como nenhum outro no mundo.

Inhotim Jardim Botânico
Inhotim possui cerca de 1.500 espécies de palmeiras

O Instituto Inhotim é um daqueles lugares que não podemos deixar de visitar. É um museu de Arte Contemporânea integrado a um exuberante Jardim Botânico. Está localizado a 60Km de Belo Horizonte, no município de Brumadinho.
Tivemos o privilégio de visitar este surpreendente lugar em um fim de semana que a família estava reunida, na capital mineira, para participar da formatura de um sobrinho. Reservamos o domingo para este passeio.Todos ficaram maravilhados, orgulhosos de conhecer este  incrível museu de arte contemporânea a céu aberto, composto por um acervo de grande importância nacional e internacional.

Como chegar a Inhotim

Há várias maneiras de se chegar a Inhotim, inclusive de transporte público. A empresa Saritur faz este transporte saindo da Rodoviária de Belo Horizonte (plataforma F2), de terça-feira a domingo.  Agências de turismo também incluíram a visita a Inhotim nos seus programas de turismo.
Contratamos uma van com capacidade para 18 pessoas, com  motorista que nos pegou no hotel às 10h da manhã e retorno combinado para às 16h. Pegamos R$350,00 pela locação.
Um dia inteiro é pouco para visitar todas as instalações. Recomenda-se sapatos confortáveis, protetor solar ou capa de chuva para os dias chuvosos. Estrategicamente espalhados pelos jardins, há confortáveis bancos de troncos de pequizeiros do artista Hugo França, convidativos a um descanso.

É impossível descrever as sensações que esta visita proporciona a cada visitante. Esta matéria é somente para estimulá-lo a conhecer esta maravilha visitada anualmente por quase 250 mil pessoas.

Inhotim Tamboril centenário
A maior árvore do jardim o  Tamboril centenário.

Há muitos sites, blogs, programas que descrevem Inhotim, mas o melhor mesmo é programar uma visita ao local e deixar-se levar pelas sensações que a arte e a beleza estética dos jardins inspiram.

Inhotim, escultura Penetrável Magic Square de Hélio Oiticica
Penetrável Magic Square de Hélio Oiticica

Troca-Troca de Jarbas Lopes
Troca-Troca de Jarbas Lopes

Narcissus Garden de Yayoi Kusuma
Narcissus Garden de Yayoi Kusuma

Esculturas de Edgard de Souza
Esculturas de Edgard de Souza

Transcrevo abaixo uma matéria publicada no Jornal tira prosa, Cambuí-MG, n.º 1, abril 2010.
ARTE CONTEMPORÂNEA
Está localizado aqui em Minas Gerais, na cidade de Brumadinho, distante 60 Km da capital, o Instituto Inhotim; um dos mais importantes acervos de arte contemporânea do mundo e uma das mais esplêndidas coleções botânica do Brasil. Com um acervo de, aproximadamente, 500 obras de mais de 100 artistas, a coleção vem sendo formada desde meados de 1980, com foco na arte produzida internacionalmente dos anos 60 em diante. Pintura, escultura, desenho, fotografia, vídeo e instalações de renomados artistas brasileiros e internacionais são exibidos em galerias espalhadas pelo parque botânico.
Dentro do parque de rara beleza e abundantes jardins, idealizados pelo paisagista Burle Marx, pode-se visitar um grande número de pavilhões-galerias; cada pavilhão expõe apenas um artista e há alguns reservados exclusivamente aos artistas Tunga, Cildo Meireles, Adriana Varejão e a artista colombiana Doris Salcedo.
Para dar a dimensão do acervo do local, há ainda obras dos brasileiros Ernesto Neto, Artur Barrio, Amilcar de Castro, Edgard de Souza, Hélio Oiticica, Marepe, Miguel Rio Branco, Vik Muniz, Waltercio Caldas, entre outros.
Os artistas internacionais são Mathew Barney, Zhuang Huan, Paul MacCarthy, Steve MacQueen, Albert Oelhen, Cerith Evans, Chris Burden, Haegue Yang, Jonathan Monk, entre outros.
O passeio pelo parque intercala a beleza dos jardins, lagos, plantas e um conjunto de obras de arte, ora dentro das galerias, ora a céu aberto, com direito a pausas em cafés.
O Instituto Inhotim é um daqueles lugares que não podemos deixar de visitar.

O Inhotim está aberto para visitação de terça a sexta, das 9h30 às 16h30 e aos sábados, domingos e feriados, das 9h30 às 17h30. Às terças a entrada é gratuita.
Belo horizonte_2012 048
Para informações atualizadas consulte o site do Instituto e o Portal de Brumadinho