Relato de viagens. Compartilhando experiências, dicas criativas, fotos e orientações práticas para você programar a sua viagem. E Vamos Nessa!

Compartilhe

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Mendoza – O que fazer?

Mendoza é uma província montanhosa, árida, situada no oeste da Argentina, aos pés da Cordilheira dos Andes. A região é a maior produtora de vinhos com mais de 1.200 bodegas locais.
Apesar do clima árido a cidade é ricamente arborizada, há um sistema de rego (vala artificial) construído junto ao meio fio para distribuição da água de degelo dos Andes percorrendo as principais ruas da cidade.  É muito agradável andar pelas suas ruas, as calçadas possuem mais de três metros de largura e todas com passagem  adequada  aos deficientes físicos.



Não utilizamos o transporte público da cidade, ficamos num hotel no centro com acesso aos principais pontos turísticos e alugamos um carro para visita às bodegas. Chamou-me a atenção existir na cidade uma linha de bonde elétrico. 

Recomendo uma caminha pelo  paseo peatonal Sarmiento, fica entre  a Plaza Indepencia e a Av. San Martin,  é uma das boas pedidas para um fim de tarde, lá estão   as melhores lojas, bares e cafés de Mendoza.


Imperdível também é uma visita ao Mercado Público da cidade onde você encontrará os produtos da região: frutas, verduras, temperos, carnes, etc.
Há também uma praça de alimentação com pequenos restaurantes, preço  acessível e comida  boa. A nossa pedida foi uma “parrillada” acompanhada com cerveja Quilmes bem gelada. Saboreamos também em uma banca do mercado as famosas empanadas mendoncinas, estas recheadas de frutos do mar.



 
Na hora de “siesta” entre às 13h e 16h. todo o comércio de Mendoza fecha às portas, inclusive as bancas do Mercado Público. É impressionante como eles levam a serio este horário, não fica nenhum comércio aberto na cidade inteira.

Para mim a principal atração de Mendoza é a visita às bodegas produtoras de vinho, onde você conhece as instalações das vinícolas e recebe uma aula sobre o processo de elaboração dos vinhos e técnicas de degustação.

Mendonça também tem dois super cassinos; um situado no luxuoso Hotel Sheraton e outro no Hotel Park Hyatt.

Porém em volta da cidade tem muitas outras atrações, incluindo o Parque Nacional do Aconcágua, que fica no lado direito da Cordilheira dos Andes, com visitação ao pé do  Pico do Aconcágua , a montanha mais alta das Américas, a paisagem é semi-desértica, e sempre há neve no topo das montanhas.

A estação de esqui mais próxima de Mendoza é a Los Penitentes com hotel, cassino e pistas de esqui. Porém no ano de 2010 esta estação não abriu devido a pouca neve. Passei por ela pela Rota Nacional n° 7 a caminho de Santiago do Chile, parecia uma cidade fantasma.